Free songs

À conversa com Manuela Barreira

by / Quinta-feira, 12 Abril 2018 / Published in Dermoestética

 

 

Manuela Barreira, a fundadora da empresa Dermoestética, partilhou com a revista BeautyLand os segredos do seu progresso no mundo da estética. Uma mulher lutadora que sonhou em marcar a diferença na área da estética.

 

BeautyLand: Como surgiu o desejo de criar a Dermoestética?

Manuela Barreira: Quando volto atrás no tempo e recordo a minha infância, sou assolada pelos sonhos de menina que eu acreditava um dia poder concretizar. Na verdade, sempre fui uma sonhadora convicta, crente nos meus ideais, no que projetava e perspectivava para o meu futuro e foi imbuída neste espírito de sonhos que tracei o meu percurso na área da estética. Cheguei a Lisboa, vinda de Angola, ainda muito nova, a fugir da descolonização e da guerra. Comigo trazia apenas a roupa do corpo e a vontade de singrar e de ser alguém. É neste contexto que cresce em mim a vontade de trabalhar na área da estética profissional, num tempo em que os institutos de beleza eram apenas para alguns: as denominadas elites.

 

BeautyLand: Do sonho até conseguir entrar na área da estética, qual foi o seu caminho?

Manuela Barreira: Comecei por fazer um curso, aprendi com os melhores e, pouco tempo depois, estava a ser desafiada a integrar os quadros comerciais de uma empresa na área da estética. Apaixonei-me definitivamente pela área e, seis meses depois, vim para o Porto abrir uma delegação dessa empresa. Daí até fundar a minha própria empresa foi apenas o tempo de acertar pormenores e concretizar mais um sonho.

 

BeautyLand: Nasce, então, a Dermoestética. Como foram os primeiros tempos?

Manuela Barreira: A Dermoestética nasce daqueles meus sonhos de menina mas também fruto de um certo inconformismo pela acomodação à rotina quando trabalhava por conta doutros. Eu não sou mulher de rotinas, gosto de inovar, gosto de desafios, sentia um potencial enorme dentro de mim, aspirava a fazer mais e melhor, não só por mim, mas também pelas equipas comerciais que fui formando ao longo dos tempos e, principalmente, pelos clientes.
Foi neste contexto que encontrei a “Bruno Vassari”. Em 1992 era já uma marca extremamente completa com respostas para todos os tipos e estados de pele “rosto e corpo”, linha solar e de homem. Reuni com a marca em Barcelona e trouxe o projeto para implantar e desenvolver, desde a estaca zero, em Portugal.
De início comecei por ser apenas eu na divulgação, promoção e venda da marca e ia para o terreno fazer prospeção e descobrir potenciais clientes. Depois criei a minha equipa e fizemos o lançamento da empresa e marca em março de 1992. Na altura tudo isto foi muito desafiador e arriscado. Os começos são sempre duros e o meu não foi exceção mas a recompensa acabou por surgir.

 

BeautyLand: Desde então como tem sido o crescimento da marca? Que momentos importantes consegue destacar?

Manuela Barreira: Alguns dos momentos mais importantes na história da empresa foram as marcas importadas de cosmética profissional que fomos conquistando ao longo dos anos. Exemplo disso é a Matis, marca francesa made in Paris com mais de 75 anos de pesquisa e desenvolvimento. Adquirimos instalações próprias que detemos em Vila Nova de Gaia, onde concentramos os serviços administrativos e o armazém. Dispomos ainda do nosso conceituado e reconhecido centro técnico e de formação em plena Avenida da República, em Vila Nova de Gaia, onde proporcionamos formação às esteticistas com todas as comodidades de um verdadeiro spa.
Além disto, conseguimos também a representação para Portugal do Thermosystem, um aparelho de radiofrequência que comercializamos há cerca de 3 anos, com excelentes resultados.

O último bebé foi a criação da “DerForma”, a escola é certificada pela DGERT, nas áreas de desenvolvimento pessoal, comércio e estética.
Nos últimos anos conquistamos a denominação de PME LÍDER e nos últimos dois anos fomos contemplados com a consagração de PME EXCELÊNCIA. Muitos motivos para nos sentirmos orgulhosos e gratos e para continuarmos a dar o melhor de nós, congratulando-nos ainda pelo circunstância de sermos a única empresa do setor com esta atribuição.

 

BeautyLand: Há um segredo para o sucesso?

Manuela Barreira: O sucesso vem, antes de mais, do reconhecimento dos nossos clientes. Avaliamo-lo pela fidelização destes, alguns dos quais já trabalham connosco desde a nossa fundação, há 25 anos. Avaliamos também o sucesso pelo aparecimento constante de novos potenciais clientes, sinal de que reconhecem na empresa prestígio e potencial, e que sabem, de antemão, que podem confiar.

A empresa dispõe de produtos de excelência, com assistência pré e pós venda profissional, personalizada e diferenciadora e disponibiliza formação sistemática aos nossos clientes. O segredo do sucesso é, sem dúvida, o inconformismo pelas rotinas e a aposta na inovação, sempre com o propósito de estar na vanguarda, sem descurar o rigor e qualidade que todos os que connosco trabalham nos reconhecem.

 

BeautyLand: De que forma é que podemos contar com a Dermoestética como uma marca de inovação no sector? De que diferencia a Dermoestética das diferentes marcas existentes no meio?

Manuela Barreira: E se fosse eu a perguntar quem foi a primeira empresa a lançar uma linha completa profissional de vinoterapia? E uma linha cosmecêutica? E gessoterapia? A maioria das marcas lança rituais, produtos soltos e avulsos. As marcas que representamos lançam linhas completas de produtos, por aí também sermos inovadores e essencialmente pioneiros.

Temos um centro de formação ímpar no país, com materiais da mais alta qualidade, onde os próprios clientes se sentem como se estivessem a desfrutar de um verdadeiro spa. Damos formação gratuita relativa às nossas marcas a todos os clientes, temos Delegadas Comerciais desde Bragança a Vila Real de Santo António, incluindo o arquipélago dos Açores. Fazemos visitas mensais a todas as clientes, dispomos de um sistema de encomendas por CRM – sendo os pedidos de mercadoria entregues em apenas 24 horas.

O nosso serviço pós-venda é inigualável, se por qualquer motivo ocorrer alguma reclamação, pára tudo e só descansamos quando o problema estiver efectivamente resolvido.

 

BeautyLand: O que representou e representa a Dermoestética para a estética profissional em Portugal?

Manuela Barreira:  Confiança e rigor são as palavras que me surgem de imediato.

Promovemos e distribuímos unicamente produtos de reconhecida excelência. Personalizamos as relações comerciais com os nossos clientes de modo a estarmos mais próximos das suas necessidades, proporcionamos condições comerciais absolutamente transparentes e vantajosas, em satisfação plena de toda a cadeia cosmética: produção, distribuição, profissionais da estética e consumidor final.

Protegemos o consumidor e os profissionais, registando cada um dos produtos por nós distribuídos nos organismos competentes, em escrupuloso cumprimento das normas Nacionais e Europeias; e em Portugal as marcas que representamos encontram-se registadas no INFARMED.

 

BeautyLand: Podemos considerar a Dermoestética como uma empresa familiar que se iniciou com a Manuela Barreira e que continuará com a sua filha?

Manuela Barreira:  Claro que sim. Apesar de sermos já mais de 25 colaboradores, gosto de pensar na Dermoestética como uma empresa familiar.

Essencialmente porque na minha empresa qualquer pessoa, colaborador, fornecedor ou cliente, consegue chegar a mim com facilidade. Não sou um CEO – desconhecido ou que usufrui apenas do título. Conheço e visito o mercado, estou muito presente.

E claro que tendo a minha filha a trabalhar comigo ainda mais familiar se torna, se bem que na empresa, a Andreia, minha filha, é também uma funcionária, e depois é que é filha e não o contrário. Curiosamente trabalhamos uma em cada ponta da empresa, e os restantes colaboradores encontram-se distribuídos a meio entre nós.

A Andreia licenciou-se e fez um MBA em gestão de empresas, faltando-lhe  apenas o artigo cientifico para terminar o Mestrado. Como quando terminou o curso eu não quis que ela viesse trabalhar para a Dermoestética, esteve 2 anos num Banco. Ao fim desse tempo julguei ser a altura certa para ser o meu braço direito na área financeira, e assim foi. Em 2010 veio trabalhar comigo, eu mantenho-me na parte comercial e ela na financeira, e complementamo-nos… eu tenho os sonhos e ela traz-me de vota à terra (risos).

Muitas vezes brinco com isso, com o facto de eu dizer que me vou reformar por direito e que ficará ela à frente de tudo. Sei que estremece quando o digo, da mesma forma que sei que não seria e não serei nunca capaz de abandonar a empresa por inteiro.

O meu maior desafio foi ter uma filha com a mesma determinação que me caracteriza- e o meu maior desejo é que ela possa crescer e criar algo por si da mesma forma que eu o fiz. Agora ela com mais possibilidades e habilitações, uma vez que já tem com a minha “escola” e eu na altura tive de fazer tudo sozinha.

Não obstante, penso que a Andreia é mais um dos “activos” fundamentais que a empresa possui, por isso…! Será sempre importante estar presente na empresa. Quando a Dermoestética iniciou ela tinha 10 anos, mas antes eu já trabalhava nesta área, portanto… Onde vou eu encontrar alguém com tanta experiência e com o mesmo vigor que ela pode oferecer à Dermoestética? Claro que ela num futuro pode e deverá ter ajuda de outros, mas acredito que para manter a identidade, o amor a a paixão pela empresa, preservando o seu passado, tem de haver sempre alguém que possa contar a história.

 

TOP